Post-mortem debugging – WinDBG

Continuando a série sobre depuração hora de falar o que é e como instalar o tal de WinDBG. Antes de continuar segue os links dos dois primeiros artigos da série sobre post-mortem debugging. Se você não viu ainda é bom ver para a série fazer sentido :). Post-mortem debugging – O que é isso? Post-mortem […]

Post-mortem debugging – Dumps de memória

Hora de continuar a série sobre post-mortem debugging. Hoje vou falar sobre dumps de memória e as melhores formas para cria-los. Se você está chegando agora: confira o primeiro post da série. Fazendo uma revisão rápida, post-mortem debugging é a técnica onde depuramos a aplicação depois que ela deu problema. O artefato que usamos para […]

Post-mortem debugging – O que é isso?

Depurar código faz parte do nosso dia a dia. Adoramos nossas IDEs cheias de recursos e janelas que facilitam nosso trabalho. Adicionamos nossos breakpoints e vamos navegando pelos códigos tentando entender a origem de um determinado problema. Apesar das facilidades das IDEs, e do ambiente controlado (nem sempre) do nosso ambiente de trabalho, depurar nem […]

Visual Studio Experimental Instance

Além dos projetos tradicionais (windows, web, etc…) após a instalação do SDK do Visual Studio é possível criar projetos para construir extensões para o Visual Studio, se já instalou algo pelo menu “Tools/Extensions and Updates” sabe do que estou falando, são os famosos .vsix. Muito bem com as extensões você pode automatizar ou flexibilizar certas […]

C# 6 – String Interpolation

Hora de começar uma série simples e rápida sobre alguns dos novos recursos disponíveis no C# 6. E hoje vou começar com um que me agradou, vamos falar sobre string interpolation. Uma breve definição sobre o que é. Fonte. In computer programming, string interpolation or variable interpolation (also variable substitution or variable expansion) is the […]

Configurando o Oracle Instant Client

Olá, tudo bem? Normalmente no mundo .NET “padrão” trabalhamos com o banco de dados SQL Server. Mas com certeza ele não é o único banco de dados do mercado, temos que trabalhar com outros bancos, principalmente Oracle. Apesar do novo ODP.NET funcionar sem um client de Oracle instalado nas estações, alguns cenários podem requerer o […]

Extrair o nome do arquivo a partir de uma URL

Olá, tudo bem? Hoje uma dica simples para quem precisa extrair informações de uma URL. No caso da dica de hoje é uma URL que aponta para um arquivo. Você pode fazer de várias formas, mas podemos utilizar o que o .NET já nos entrega para facilitar o trabalho. Veja o código abaixo. Primeiro podemos […]